K-Pop: Where Are You? - CLC [Review]

CUBE Entertainment
Saudações Unicórnios!

Era suposto esta review ter saído ontem mas os planos mudaram, não há que temer pois ela saiu hoje. CLC voltam com um novo conceito, para variar, literalmente, e desta vez elas optaram por um estilo mais retro com "Where are you?".


Nem sei por onde começar. Não é que a música ou o vídeo tenham sido maus. Achei o video bonito e com o alto nível de produção que se pode esperar do k-pop. Gostei da batida retro, mas achei meio "insonso". Gostei mais não o suficiente para me viciar na música e adicioná-la à minha playlist no Spotify como aconteceu com "Hogoblin", que lá ficou durante meses a fio. Mas a verdade é que "Where are you?" é apenas mais uma música sobre meninas inocentes que se começam a apaixonar e estão confusas, etc, etc.

CUBE Entertainment
Vários fãs do grupo dizem, nos comentários do YouTube, que esta mudança de conceito vai remover as "ervas daninhas" que cresceram graças a "Hogoblin", mas a verdade é que as "ervas daninhas" são mais importantes para o grupo do que eles acham, pois elas fazem falta para comprar o merchandise e, consequentemente, dar apoio ao grupo para que as integrantes ganhem o seu ordenado e continuem a produzir o nosso entretenimento. Porque, por muito bonitas que as coisas possam parecer, k-pop é um negócio, a indústria musical, no geral, é um negócio. A CUBE sabe o que vende, e o que vende é o conceito badass de "Hogoblin" que tanto atraiu o público, mas, ainda assim, resolveu alterar o conceito do grupo novamente. Há quem goste de uma mudança constante, eu gosto de mudanças constantes, desde que essas mudanças sejam originais e não peguem constantemente no "puro e inocente", mas também há quem goste de consistência, e é por isso que as pessoas gostam de uns grupos e não de outros. Se eu gosto de um grupo é porque eu acho que o estilo de música que produz se adequa ao talento dos integrantes, e não me importo que mudem de vez em quando, mas não sou obrigada a gostar de todos os seus comebacks, eu tenho os meus gostos e não sou tão influenciável assim para gostar incondicionalmente dos artistas, independentemente do que eles produzem.

CUBE Entertainment
Tendo isto dito, CLC ainda não me convenceu. Acredito que o grupo tem muito talento, e se não querem que dê disband tão cedo, acho que deviam parar de pôr químicos nas plantas e deixar as "ervas daninhas" voltar a crescer.

E vocês? Gostaram de "Where are you?"? O que acham da mudança de conceitos das CLC? Digam nos comentários!

Sem comentários:

Enviar um comentário