Dramas: Strong Woman Do Bong Soon [Review]

JTBC
Saudações Unicórnios!

Eu nem sei por onde começar com este drama. Eu sei que muita gente o adora, mas eu simplesmente não o suporto. Do início ao fim, este drama foi uma série de desilusões. Estragaram uma história com muito potencial e isso desmotivou-me tanto que tive de descansar a minha cabeça antes de fazer esta review. Esta review vai ser feita, numa parte inicial, sem spoilers, e depois vou colocar uma pequena secção onde vou falar dos acontecimentos e do desenvolvimento da história em si, portanto, se nunca viram, estão a pensar ver, e não querem saber o que acontece, passem essa secção à frente. Depois disso resolvi, ainda, acrescentar uma secção "Bónus" com algumas das minhas reações enquanto via, no Twitter.

História

Este drama é sobre uma mulher chamada Do Bong Soon que, da sua família, herdou um superpoder que lhe dá uma força sobrenatural, apenas as mulheres o têm. Bong Soon é obrigada a usar o poder para o bem, se o usar para magoar alguém inocente, coisas más acontecem com o seu corpo e pode até perder o seu poder por completo. O drama acompanha a personagem na sua jornada em busca de uma vida normal, ainda que as circunstâncias a forcem a usar o seu poder.

A sinopse faz a história parecer muito mais original e interessante do que ela realmente é. O espectador é atraído por um conceito pouco usado, uma super-heroína, algo que é pouco comum no entretenimento em geral e muito menos em dramas coreanos. Mas quando chega ao drama os episódios tentam satisfazer a audiência despejando todos os clichés existentes em todos os dramas que já existiram. O que desilude profundamente e torna o drama aborrecido do início ao fim, mas especialmente no início.

Em vez de ser retratada como forte, Bong Soon é retratada como inútil e como sendo nada sem os seus poderes ou sem ninguém para a ajudar. Claro que não há nada de errado em ter alguém que nos ajude, mas o facto de ela não poder viver sozinha sem os seus poderes é mencionado pela família várias vezes. Em vez de termos uma mulher forte e independente como personagem principal como é esperado, temos uma mulher que é constantemente inferiorizada e que não faz nada para lutar contra isso. Apesar de ser esforçada, todo o drama sugere que, para Bong Soon ser feliz, ela precisa de ter a sua tradicional família coreana e o seu superpoder, porque apesar que estar a trabalhar, ela "é uma inútil".

Por falar em inutilidade, temos também a típica polícia dos dramas... inútil, só chega quando está tudo resolvido, não sabe apanhar o criminoso mesmo quando ele está mesmo em baixo do nariz dela, apanha o criminoso errado e quer continuar assim porque os repórteres ficam felizes mas o verdadeiro criminoso ainda está à solta. Eu nem considero isto spoiler de tão cliché e previsível que é, isto, literalmente, acontece em todos os dramas com uma pitada de criminal no género.

Por falar em clichés, há um triângulo amoroso! Vejam só, que novidade, nunca vi tal coisa, nem vale a pena dedicar seis linhas a isto, vocês já me entenderam.

Personagens

Depois de escrever sobre a história, já respirei fundo, e agora estou preparada para falar das personagens. Nem me falem das personagens. Mais vale a pena ir falando delas uma por uma (imagens e informações retiradas do AsianWiki):

Nome: Do Bong Soon (Park Bo Young)
Descrição: Ela tem um superpoder mas sem ele deixa de ser diferente e passa a ser como qualquer outra mulher, inútil e fraca, um clone, porque todas as mulheres são iguais e só servem para ter uma família e casar.
Melhor citação: "Eu vou fazer o teu rabo desaparecer do teu corpo".



Nome: An Min Hyuk (Park Hyung Sik)
Descrição: Ele conseguiu construir uma companhia de desenvolvimento de jogos, não se sabe como, pois ele nunca trabalha. Durante o drama apenas o vemos a trabalhar durante, no máximo, 20 minutos, e realmente, isto faz-me questionar muita coisa. Também não se sabe o que ele estudou. Como ele diz que é gay no início, o drama sente a necessidade de enfatizar que na verdade ele é machão, porque não basta dizer que era só a fingir.
Melhor citação: "Eu gosto de rapazes com rabos bonitos".
Nome: In Gook Doo (Ji Soo)
Descrição: Polícia idiota, inútil e lento. Faz-me questionar se ele realmente frequentou uma escola de polícias. Machista. Nunca chega a tempo. Conhece a Bong Soon há anos mas, de alguma maneira, não sabe que ela tem superpoderes... ah, sim, ele é lento, esqueci-me.
Melhor citação: "Porque é que a tua saia é tão curta?".
Nome: Hwang Jin Hyi (Shim Hye Jin)
Descrição: Mãe da Bong Soon. Bully. Perdeu a força por ser maluca. Faz violência doméstica no marido e o drama retrata isso como uma cena de comédia (???). Quer que a Bong Soon durma com o presidente da companhia à força mesmo sabendo que ele pode ser gay, porque a sua filha é burra e inútil e precisa de se casar com um homem rico, obviamente. Só quer saber do Bong-Gi porque é macho e médico.
Melhor citação: "Já dormiste com ele?".
Nome: Do Chil Goo (Yoo Jae Myung)
Descrição: Pai da Bong Soon. Vítima de violência doméstica. Ainda está casado com a mãe da Bong Soon por razões desconhecidas. O drama indica que a mãe do Gook Doo o trata muito melhor mas, para ser politicamente correto e respeitar as normas da família tradicional coreana, não o divorcia da mulher.
Melhor citação: Não tem. Porque o drama não quer saber desta personagem e os seus problemas não interessam.
Nome: Na Gyeong Shim (Park Bo Mi)
Descrição: Melhor amiga da Bong Soon. É só.
Melhor citação: "Eu continuo a achar que o Min Hyuk não é gay".

Nome: Jo Hee Ji (Seol In A)
Descrição: Namorada do Gook Doo. Talentosa que desperdiçou o tempo dela com um idiota machista. Ficaria muito melhor com o Bong Gi mas o drama não se interessa por isso porque não muda nada no enredo. Inútil e desnecessária na história.
Melhor citação: Não tem. Só a meteram no drama para realçar o quão idiota e lento o Gook Doo é.

Nome: Do Bong Gi (An Woo Yeon)
Descrição: Irmão gémeo da Bong Soon. Médico de sucesso. Queridinho da mãe. Pessoa mais carinhosa do drama. Inocente e fofo mas inteligente. Só não é inútil porque é médico, literalmente. Ele só observa.
Melhor citação: "Parece que a ligadura estava presa no seu rabo."

Nome: Raptor (revelar o nome seria spoiler acho) (Jang Mi Kwan)
Descrição: "Piri-pi-piri-pi-piri-piri-piradinha". Melhor personagem do drama. Única personagem interessante que conseguiu fazer o drama interessante e não-aborrecido. Motivo pelo qual eu vi o drama até ao fim. Tarado. Maluco mas esperto.
Melhor citação: "Hahahahaha HAHAHAHAHAHAHA".

Nome: Oh Dol Byung (Kim Won Hae)
Descrição: Diva. É uma lady. Grita muito. Histérica. Drama queen. Personagem mais irritante do drama. Veste-se melhor que muitas bitches.
Melhor citação: "Eu sou uma lady!"

Nome: Kim Gwang Bok (Kim Won Hae)
Descrição: Acabei de perceber que é o mesmo ator, pensava que eram só pessoas parecidas. Enfim. Segunda personagem mais irritante do drama. Desdentado. Gémeo (??). Gangster falhado na vida.
Melhor citação: "#@*$#&%$#".




Banda sonora e produção

A banda sonora adequa-se ao drama mas não achei nada de especial. Os efeitos especiais também foram minimamente convincentes, exceto a bomba que originou fogo de artifício, não sei o que se passou ali.

Desenvolvimento e Fim da História (Spoilers)



Conclusão

As cenas de comédia são boas mas, a partir de um certo ponto, começam a ser escassas, o que torna o drama aborrecido. As cenas de suspense são satisfatórias. As cenas de romance são para dormir mesmo, nenhuma relação parece convincente à exceção das amizades (as amorosas, familiares e de trabalho são um desastre).

Classificação (de 0 a 5)

🌟

(Não sei como é que isto tem 9.8/10 no Viki)

Bónus: as minhas reações no Twitter enquanto eu assistia (Pode conter spoilers)






























E vocês? Já viram Strong Woman Do Bong Soon? Se sim o que acharam? Se não, vão ver? Digam nos comentários!

Se quiserem ver este drama, está disponível no Viki.

Sem comentários:

Enviar um comentário