K-Pop: Amor À Terceira Ouvida [Tag]


Saudações Unicórnios!

Hoje vou criar outra tag porque... porque não? Acho tags muito divertidas e já que nunca sou indicada para nenhuma mais vale a pena fazê-las eu (mesmo que flopem)!

O K-Pop é idêntico àquelas relações complicadas e completamente desprovidas de sentido que se podem encontrar em qualquer comédia romântica. Às vezes é uma daquelas relações amor-ódio estranhas... onde é que eu quero chegar com isto? Bem, umas vezes gostamos de uma música e não sabemos porquê, outras vezes odiamos uma música e não sabemos porquê, mas o pior acontece quando odiamos mas quanto mais ouvimos, mais gostamos da música.

Então, como funciona a tag?

A pessoa indicada deve selecionar 5 músicas (e um bónus se quiser) de que não gostou quando ouviu pela primeira vez mas que aprendeu a gostar com o tempo.

Não vou obrigar ninguém a indicar, podem indicar quantas pessoas quiserem ou podem até não indicar ninguém. Todos são livres de fazer a tag!

***

Eu não vou fazer a tag por uma ordem específica (como se fosse um top) por isso não considerem a última (que seria equivalente à primeira) como a que mais odiei e que passei a gostar. (Se um indicado quiser fazer a lista em formato de top pode fazer).

#5


Ninguém em pleno 2017 diria que eu, em algum ponto na minha vida, odiei Dumb Dumb, mas a verdade é que da primeira vez que eu ouvi este hino eu não sabia como me sentir em relação a ele. Achei demasiado repetitivo, achei que não fazia o meu estilo, mas passado umas horas, uns dias, dei por mim com a música na cabeça e a voltar ao YouTube para a ouvir, passado um tempo já estava na minha playlist do Spotify. Quando penso em músicas que odiei à primeira ouvida e que aprendi a amar, Dumb Dumb é a primeira que me vem à cabeça.

#4


Ainda odeio esta música, mas ao mesmo tempo não consigo parar de a ouvir e odeio-me por isso. Fiquei tão desiludida com os NCT 127 quando eles lançaram esta música. Fiquei tão viciada em Limitless e quando chegou Cherry Bomb as minhas expetativas foram completamente destruídas. Para mim, esta música ainda não é nada de especial, mas por alguma razão ainda adoro ouvi-la. Não faz sentido, eu sei!

#3


Ok, vou já admitir, os NCT são os deuses do Amor à Terceira Ouvida (exceto os NCT DREAM, ainda odeio esses). Eu lembro-me que havia uma grande hype com Fire Truck quando saiu e eu bem dizia que não gostava e que não tinha nada de especial, a música é simples, a batida é simples, e a verdade é que ainda não tem mesmo nada de especial, mas por alguma razão eu comecei a gostar da música, e, novamente, odeio-me por isso (mas não tanto como em Cherry Bomb).

#2


Primeiro só quero deixar uma coisa clara: eu não odiei a música quando saiu, mas a verdade é que também não lhe dei muita atenção. Enquanto que acima referi que me odiava por ter começado a gostar daquelas músicas, neste caso, odeio-me por não ter gostado tanto de Stay quando saiu como eu devia. Para ser sincera a música é bastante bonita, e mostra que as Blackpink têm jeito para todo o tipo de música. Arrependo-me de não ter dado lugar a esta música na minha playlist do Spotify.

#1


Sim, NCT outra vez, mas hey! Agora são os NCT U! Ok, ok, não me batam, eu não tenho nada contra os NCT (exceto os DREAM, simplesmente acho-os desnecessários, mas quem sou eu para opinar). Quando os NCT debutaram com a sub-unit U eles lançaram duas músicas, Without You, que eu adorei na altura e agora já nem ouço, e The 7th Sense, que eu não gostei muito na altura mas que ainda ouço de vez em quando, ainda não entendi bem o que é que os NCT fazem para eu aprender a gostar das músicas deles, mas seja lá o que for, fazem-no bem.

#Bónus


Esta é outra música que eu tenho muita vergonha de não ter gostado instantaneamente. Duas, três ouvidas foram precisas para eu entender como a música é boa e como merece mais reconhecimento do que o que lhe foi dado. Não é como se eu tivesse odiado ao início, apenas não lhe dei a atenção que merecia.

***

Agora é que eu reparei que é quase tudo da SM, acho que alguém frequenta a bruxa regularmente, porque, aqui, há macumba envolvida.

Bom, agora chegou a parte difícil que é: quem indicar? A verdade é que dos blogues de k-pop que sigo, poucos estão ativos regularmente, e poucos me ligam ou responderiam à tag (sou tão flop que até dói).

Indicados:


Não sei quem mais indicar, não conheço muitos bloggers que gostem de k-pop (ou que eu saiba que gostam) por isso se quiserem fazer a tag são livres para o fazer, e se fizerem deixem o link nos comentários para eu poder ir lá ver!

Sem comentários:

Enviar um comentário