Filmes: 7 Razões Pelas Quais os Filmes de Terror Não Fazem Sentido

Saudações Unicórnios!
Eu admito que não sou grande fã de filmes de terror, primeiro porque não gosto de ter medo, segundo porque fico sem dormir durante uma semana, terceiro porque, de acordo comigo mesma, mais de 90% dos filmes de terror não fazem sentido.

1. Se o objetivo do assassino é matar a vítima, porque é que ele haveria de lhe telefonar e, consequentemente, de lhe dar uma oportunidade para se safar?


Scream (1996)

2. Porque é que os espíritos sentem a necessidade de abanar e mexer em coisas sempre que estão a ser observados?


IT (2017)

3. As personagens principais tomam sempre as piores decisões e sobrevivem. Os que são más pessoas são sempre os primeiros a morrer. Às vezes parece que o assassino é o karma em pessoa. Estranho não é?


4. Tudo se passa à noite. Óbvio que isso é porque o ser humano tem medo do desconhecido e o facto de estar escuro aumenta o medo causado, mas pelo menos podiam inventar uma explicação para isso dentro do contexto em que o filme se passa.


The Simpsons, I guess...

5. Porque é que os espíritos ou os assassinos sentem vontade de torturar ou matar quem nunca lhes fez mal? É que o desejo de vingança ou lá o que isso é não faz muito sentido e, para mim, só parece mais uma desculpa esfarrapada para pôr lá uns jumpscares.

Friday the 13th (2009)

6. Por falar em jumpscares, porque é que os assassinos assustam as vítimas? Novamente, se o objetivo deles é matar porque é que eles haveriam de querer que a vítima grite? Se a vítima gritar alguém armado pode vir tentar ajudá-la.


Psycho (1960)

7. Ainda sobre os jumpscares, já repararam que os assassinos estão sempre no sítio certo à hora certa, às vezes até parece que se teletransportam! A personagem vai espreitar e BAM lá está ele, que coincidência não é?


The Strangers (2008)

E estas foram todas as razões de que me consegui lembrar, que, curiosamente, também são grandes clichés. Se estão a pensar em mais alguma coisa que não faz sentido nos filmes de terror digam aí nos comentários!

Sem comentários:

Enviar um comentário