Jogo: Tinker Island [Review]

www
Saudações Unicórnios! Eu sei que só tenho trazido jogos para smartphone, mas com o tempo que tenho tido para vir ao computador só consigo jogar no telemóvel mesmo!

Continuando para o motivo pelo qual vocês clicaram no link deste post, hoje trago um jogo chamado "Tinker Island", desenvolvido pela Kongregate.

História

"Tinker Island" é sobre um grupo de naufragos numa ilha deserta, o jogador deve explorar a ilha e recolher recursos para ajudar os sobreviventes a voltar para casa.

A história em si é simples, mas o especial deste jogo é que esta se vai desenvolvendo à medida que o jogador explora a ilha e consoante muitas das escolhas que o mesmo faz.

Interface e funcionamento do jogo

www
Tem uma interface simples de utilizar, gosto do facto de que não é necessário virar o ecrã na horizontal para jogar, como a grande maioria dos jogos, e, pessoalmente, prefiro jogar com o ecrã na vertical, pelo menos, neste caso, parece o mais adequado.

O jogo requer alguma estratégia, principalmente no que toca à distribuição de tarefas e gestão de recursos, mas nada demasiado complexo para que se possa dizer que o jogador tem de ser um crânio para conseguir jogar.

As tarefas demoram tempo a ser concretizadas, o que, de certa forma, me fez lembrar o jogo do PewDiePie, no entanto, em vez de ser com vídeos é com tarefas. Claro que o tempo pode ser acelerado usando Gems, que, obviamente, são o dinheiro comprável do jogo.

Outro fator que me fez recordar o jogo do Pewds foi o estilo retro/pixelizado dos gráficos. Não que me esteja a queixar, gosto imenso desse estilo e acho que se encaixa bastante bem em "Tinker Island".

www
Mas há algo que me incomoda neste jogo, e isso são as Gems. Para desbloquear a grande maioria dos sobreviventes, cuja presença é importante para o progesso do jogo, é necessário comprá-los com Gems, imensas para dizer a verdade, o que quase obriga o jogador a gastar dinheiro na aplicação para fazer um progresso decente. Por outras palavras, é um pouco pay-to-win.

Outra coisa que, na minha opinião, está mal feita, é o sistema de combate, que em vez de se basear na estratégia do jogador, baseia-se numa aleatoriedade que consiste em girar uma espécie de roda para ver quem ataca e quem recebe dano, parece ter sido, por parte dos criadores, falta de criatividade, ou preguiça de elaborar outro tipo de sistema de luta.

Não é necessária uma conexão à internet, mas ter uma melhora tudo, sendo que, ao assistir anúncios, não só é possível ganhar Gems, mas, também, duplicar recompensas. Ao contrário de "Egg!" (também fiz uma review, cliquem para saber mais), em "Tinker Island" há sempre anúncios disponíveis, mas numa quantidade limitada a 10 anúncios (se não estou em erro) que são permitidos, ao jogador, por dia.

Enquanto os sobreviventes realizam as tarefas que lhes foram atribuídas, o jogador pode jogar um mini-jogo enquanto espera. Este é divertido mas repetitivo, e, eventualmente, o jogador irá preferir esperar em vez de jogá-lo.

Está disponível para Android e IOS.

Conclusão

www

Recomendo a quem:

  • Gosta de "PewDiePie: Youtube Simulator";
  • Não pode passar muito tempo no jogo ou não pode jogar com frequência;
  • Gosta de jogos de sobrevivência e gestão de recursos.

Não recomendo a quem:
  • Não gosta de esperar para voltar a jogar ou gosta de jogar durante várias horas ou minutos seguidos;
  • Gosta de jogos que requeiram muita estratégia;
  • Se irrita facilmente com a necessidade de micro-transações.

Se já jogaram, qual é a vossa opinião? Se não jogaram, estão a pensar jogar? Respondam nos comentários!

Sem comentários:

Enviar um comentário