Avião, seguro ou perigoso? O mundo está a enlouquecer!

www
Saudações Unicórnios! Tenho quase a certeza que receberam a notícia do tal avião que se despenhou na Grécia (a não ser que vivam numa caverna ou sejam eremitas, aí já não vos posso ajudar). Tem acontecido muito ultimamente, digo estes "acidentes" de avião e o crescimento do terror. As pessoas estão a começar a ficar com medo de andar de avião (tipo eu, nunca andei de avião por isso aterroriza ainda mais) e com razão. Desde que eu me lembro, o avião tem sido sempre conhecido pela sua segurança, comodidade e rapidez, agora quando penso em aviões a única coisa que me vem à cabeça são atentados, acidentes e guerra, mas não é por isso que vou apoiar gente louca (já vão perceber do que estou a falar).

A realidade é que algo mau pode acontecer a qualquer momento, nem é preciso ser num avião, até porque mais pessoas morrem em acidentes de carro, mas enquanto que "em terra" as coisas acontecem mais rápido (o que de certa forma não me aterroriza tanto, porque estes também podem ser, na sua maioria, evitados) "lá em cima" ninguém quer imaginar qual será a aflição das pessoas em saber que se vai morrer sem poder fazer nada para o evitar, isto durante minutos ou até horas, isso sim é assustador.

Eu sei que é um assunto mórbido para se falar aqui, mas eu preferia que as coisas acontecessem rápido para não ter tempo de pensar do que ficar minutos aterrorizada a pensar em milhares de coisas ao mesmo tempo.

Infelizmente tenho a sensação de que este tipo de acidentes vai acontecer mais vezes porque como já todos reparámos o mundo está realmente a enlouquecer, e sinceramente, não podemos ficar em pânico e ceder a argumentos estúpidos, emocionais e extremos porque se ficarmos todos assim a única coisa que vamos ver acontecer será uma terceira guerra mundial.

Agora que vemos a população de imensos países cada vez mais adepta de ideias extremistas é que nos preocupamos, mas quando o problema era dos outros ninguém quis saber, recentemente as coisas "explodiram" e vieram parar cá e de repente já se fala em atentados, mortes, bombas, guerras e terrorismo. E agora a culpa é dos outros? Se calhar a culpa é de quem se meteu onde não devia por ser ganancioso.

Vamos ser racionais ok? São perspetivas diferentes da mesma coisa, se queremos ser respeitados temos de respeitar, e provavelmente é por não termos respeitado que agora estamos a ser desrespeitados. Por isso, acima de tudo, há que manter a calma e não fazer pior do que o que já foi feito, se entrarmos em pânico e cedermos ao medo vamos perder a diplomacia que temos para sermos completos idiotas que não têm cabeça para pensar, apenas força que só vai passar por cima de tudo e todos causando destruição.

P.S.: Se o Donald Trump ganha as eleições nos EUA eu fujo para a lua... espera a lua não é deles ou é? Se calhar uma parte do Polo Norte... é, isso parece bem...

2 comentários:

  1. Eu não fiquei sabendo Bea, porque não assito TV e também não vejo sites de noticias todos os dias! xD HSAUHSAUHS Só enchendo o saco mesmo :v

    Lendo seu post me lembrei muito das minhas aulas de história e dos EUA, a cada frase eu pensava "EUA, EUA, EUA", eles sempre colocam o dedinho onde não são chamados PRINCIPALMENTE SE isso afetar eles, se não afetar, ai deixam rolar, pode explodir metade do mundo.

    Sobre aviões, o que eu reparo é que na maioria tem coisa por trás e se uma simples coisinha tivesse sido resolvida antes a tragedia não teria acontecido, então acho que os aviões não estão tão perigosos... Dá medo de cair sim, porque deve ser muito horrivel morrer assim, mas digamos que é uma coisa que pode acontecer com qualquer um, tipo cair um coco na sua cabeça e você morrer .q Não sei se entendeu xD

    Você mudou bastante o jeito de escrever xD
    Beijos :3
    ~ Powerful Alien Girl!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também quase não vejo notícias nem ando nos sites de notícias todos os dias a toda a hora mas sei porque não se falava de outra coisa.
      E ainda bem que percebeste que eu estava mesmo a pensar nos EUA enquanto escrevia, mas um pouco na Rússia e na Europa também, nem sempre são santos.

      Eliminar