Raparigas são as vítimas da sociedade

Saudações Unicórnios! Estava a tentar ter uma ideia para postar até que vi um tweet que me fez "ver a luz":
Não podia concordar melhor. Já repararam que as raparigas são sempre criticadas por tudo, e depois para ajudar ainda se criticam umas às outras em vez de se unirem e lutarem por causas mais importantes.



(www)
Passa uma rapariga gorda e já é feia, ouvem-se risinhos, sussurros, acham que ela não ouve, estão enganados, ela ouve, e sem saberem estão a levá-la para o abismo, a sugarem a pouca autoestima que ela já tem após olhar para o espelho e achar que é feia apenas porque não possui os padrões de beleza que a sociedade estipulou. Ela nem come muito e está a comer cada vez menos, o corpo dela vem da genética da família, apesar de ela ter uma dieta super equilibrada, ela ainda é gorda.

Passa uma rapariga com o namorado, mas porque há um mês atrás tinha outro já falam, "ela é uma puta", "ela não tem vergonha", "qualquer dia aparece grávida", "isto agora é um por mês", "olha agora anda a comer restos", as pessoas que dizem essas coisas, que têm elas haver com isso? Se fosse um rapaz já era "o grande", "o forte", "o parte corações", mas se for uma rapariga já é "uma puta" e "não tem vergonha". Nesse mesmo dia as "mal dizentes" vão para o Twitter lutar pela igualdade feminina, irónico não é?

(www)
Passa uma rapariga e ela não está a vestir roupas iguais às que as outras vestem, olham de lado, dizem "que foleira", "eu tinha vergonha de vir assim para a escola", mas ela não quer saber. Porquê? Porque ela se veste da maneira que acha mais bonita, da maneira que ela considera que lhe fica bem, se fosse para ser um clone ela também o poderia fazer, mas ela optou por ser diferente e não é por isso que deixa de ter amigos ou namorado, ela anda de cabeça erguida e está a lixar-se para aquilo que as hipócritas dizem. As hipócritas preferem falar da vida dos outros do que da delas, perguntam-se se a rapariga tal se olha ao espelho quando deveriam ser elas a tentar observar a figura ridícula que fazem. Afinal não é como se criticar as fosse levar a algum lado não é?

Passa uma rapariga, ela é demasiado magra, "é um palito", "olha só para as pernas dela", "não tem cú", "não tem mamas", "tábua de passar a ferro", "uma rajada de vento e ela voa". Dizem isso mas vão ao ginásio todas as semanas porque acham que estão gordas quando têm 1,70m e pesam 50kg. Mas se querem ser mais magras que isso não seriam palitos como a rapariga que criticam quando passa? Será isso inveja? Hmmmm.

Passa uma rapariga de calções, é Verão e ela vai comprar algumas coisas que a mãe lhe pediu, passa por um grupo de amigas com calções super curtos (daqueles que se vê as bordas do cú) que se dirigem para a praia com biquínis de fio dental, o grupo olha para ela e diz "que puta", "olha só aqueles calções", "ainda vai ser violada ou raptada", "depois admira-se que os rapazes olham para o cú dela", "ela faz de propósito". Entretanto passa um rapaz e assobia para o grupo de amigas e uma delas diz "deve ser dos calções, tenho de os usar mais vezes". Interessante esta história não é?

(www)
Passa uma rapariga, ela está solteira, as amigas dela namoram, ela nunca foi pessoa de muitos namoros, ouvem-se comentários, "virgem", "falta de pila coitada", "vai ser quarentona e vai ter 50 gatos", "mesmo encalhada pobrezinha", "ainda não casou? nem tem namorado? com aquela idade?". Ao mesmo tempo essa rapariga dirige-se para o trabalho, imaginemos que é advogada, teve ótimas notas na faculdade. Quanto às que comentaram? Bom, quando elas andavam na escola e só queriam olhar para os rapazes as notas delas não eram tão boas, elas dirigem-se para casa pois estão desempregadas. E a rapariga que passou? Ela é feliz, está a exercer a profissão que gosta e está orgulhosa da sua carreira. Ela não aceita um homem qualquer, tem de ser culto e saber respeitá-la, ela não se importa de esperar, é melhor isso que ser magoada por um idiota qualquer, ela não gosta de drama, ela preocupa-se mais com a vida e felicidade dela própria, ela é inteligente e confiante.

Vejo muitas raparigas que querem mudança, mas se calhar a mudança não tem de ser feita só na mentalidade dos homens, talvez haja mulheres que se devam olhar ao espelho e pensar: "Sou bonita, todas as mulheres são bonitas, não vou criticar nenhuma porque eu sei como isso lhes baixa a autoestima, eu sei porque eu também sou assim, sou perfeita como sou e não preciso de melhorar mais nada em mim, sou feliz assim e não preciso de mais ninguém para além de mim mesma".

Vamos tentar acordar todos os dias, olhar para o espelho e pensar assim ok?